sábado, 30 de janeiro de 2016

Quase férias

Olá pessoal!

Nossa, essa semana foi bem tensa -.-'

Uma semana pós retorno das aulas para terminar o 8º período (sim, TERMINAR, pq a greve desestabilizou tuuuudo!), com trabalhos finais pra apresentar e uma disposição zero.

Sério, não tem coisa pior do que parar o semestre quase no fim e retornar depois!

Tive um seminário de Nutrição em Esportes e apesar de estar muito perdida, foi ok.

Depois, no outro dia, tive uma apresentação do meu projeto de TCC, na disciplina de Investigação Científica (não, não era apresentação final de TCC. Por sorte na FANUT nós não precisamos apresentar TCC. Mas era o mínimo que poderiam fazer, porque a quantidade de trabalhos que temos de apresentar durante o curso não é brincadeira!) e senti que fui uma porcaria também. Me senti meio perdida em relação ao TCC nessa disciplina, porque mais uma vez, não houve tempo suficiente pra escrever muita coisa e entender muita coisa desse tipo de trabalho, porque houveram férias no caminho e minha orientadora viajou. Minha co-orientadora até chamou minha atenção por eu não saber algumas informações sobre a metodologia do meu trabalho. É complicado essas coisas, porque nesses momentos parece que você não está interessado ou é meio burro. Mas a verdade é que ainda não tive tempo de destrinchar meu TCC. Minha orientadora disse que depois que eu terminasse minha revisão bibliográfica, ela me explicaria a próxima etapa, pra eu não me perder. Só que, como eu disse, ela viajou, então tive de me virar nos 30 pra escrever algo plausível pra apresentar.

No seminário de Saúde Pública de quinta à tarde eu fui sorteada para apresentar, e fui UMA MERDA! Saúde Pública não é muito a minha área, eu fico perdida demais com tanta política e tanta coisa e nunca me sinto segura o suficiente para apresentar um seminário sobre qualquer assunto dessa disciplina. Daí os professores acham que você não estudou pra apresentar, e fica aquele constrangimento. Mas eu creio que se esse seminário tivesse sido antes das "férias", eu poderia ter saído melhor, mas depois de passar 1 mês sem nem pegar nos livros, já chegar tendo que relembrar tudo pra apresentar um seminário é foda. E não, cara, eu não vou ficar estudando nas férias, eu sou um ser humano e também preciso de descanso, assim como os professores.

Então a semana foi assim. Agora faltam 2 provas finais, que, sinceramente se eu pudesse adiantaria todas elas, pra acabar logo. Uma delas vai ser na quina-feira que vem e a outra.... SÓ DIA 15!! Sério, depois eu deixo a entender que sou desinteressada de estudar, porque sou eu que não tô nem aí pro carnaval e preferia estudar nele e fazer a prova de uma vez do que esperar tanto tempo. De qualquer forma todo mundo só estudar de última hora mesmo, podia era adiantar essa bagaça ao invés de adiar. Mas ok, vou pensar que tá acabando e pronto.

É isso galera, já tive semanas mais tensas, mas o que me grila é esse negócio de parar no meio. Enfim, enfim...

Chega de reclamações :P


quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Blusa cavada de caveira

Então pessoal, vou confessar que não manjo muito de moda não. Uso o que achar legal, o que ficar bem em mim e sei que várias vezes já fiquei totalmente cafona, mas... Foda-se!

Hoje eu trago pra vocês uma blusinha que eu comprei numa feirinha aqui perto de casa (no Universitário aos domingos de noite), mas eu A-M-E-I. Eu amo caveiras (especialmente mais ou menos mexicana, como essa), e regatas cavadas larguinhas assim, mais despojadas. Os dois juntos então, NOSSA <3

O preço foi lindo também: R$25

Uso com calça jeans, shorte, saia mais justa (jeans geralmente). Mas não curto muito essa blusa (não o estilo da blusa, somente a estampa) com calças e shortes de cós alto. Esconde a estampa que é o mais lindo. Também não gosto de blusa larga que com saia larga, então prefiro fazer uma combinação normalzinha. Uso com sapatilha, salto, tênis, rasteira, o que tiver :)

E aí, o que achou?!






quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Emagreci!

Então galera, lembram da minha luta contra a balança?

Bom, mais uma vez eu digo, nunca fui obesa, mas estava com alguns quilinhos acima do que deveria. Nesse tempo todo que sumi (ano passado todo) recomecei academia, depois desisti, depois recomecei, depois desisti, hahaha. Por fim eu apelei e pedi a minha Endocrinologista (que já faço acompanhamento à um tempinho por conta de Tireoidite de Hashimoto) pra me passar um medicamento para ansiedade, já que na maior parte do tempo eu era/sou extremamente ansiosa e compulsiva e impulsiva... E daquelas que come ao invés de parar de comer quando tá assim.
Bom, na verdade eu fui pra uma consulta rotineira e antes de eu tocar no assunto, ela deu a ideia de começar a utilizar Fluoxetina. Pensei "blz, vamos unir o útil ao agradável" e topei de cara.

Mandei manipular e... Bom, a última vez que fui lá (2 meses após a outra consulta), eu tinha emagrecido 7kg. Ela receitou novamente por mais 2 meses pra perder mais ou menos 1kg e depois fazer manunteção. Desde então eu não me pesei, porque voltarei lá no início de fevereiro, mas acho que perdi sim mais alguma coisa, porque as minhas blusas viraram vestidos e minhas calças estão inutilizáveis.

After all, meu problema era ansiedade mesmo. Eu meio que já sabia mas todo mundo falava que não era isso, e os médicos tinham resistência em receitar algum medicamento (porque sempre achavam que eu queria apenas emagrecer e não tinha nada). Essa médica foi resistente, mas depois de uns 8 meses tratando com ela de outros problemas, ela viu que eu realmente era ansiosa.

Quem me conhece sabe também que eu era msmo. Ainda sou, claro, tanto que no trabalho, as meninas ficam impressionadas com a quantidade de café que eu tomo. Mas tem dias que está pior um pouco, tipo em dias de TPM e tal. Ainda assim, meu rendimento nas coisas melhorou demais. Nem digo mais a frase diária que dizia antes "preciso de um doce", hahaha.

Quando eu retornar na Endócrino, eu conto pra vocês quanto eu pesava antes e depois, e coloco fotos de antes e agora também. Postei uma vez no Instagram, mas emagreci mais depois daquele dia (que foi há 2 meses).

Galera, não pensem que eu não confio em Nutricionista (e como poderia não confiar, sendo a minha profissão?!) pela minha experiência trágica com aquela que fui no início do ano passado. Claramente meu problema não era apenas a alimentação e exercício físico. Tem anos que eu tento perder ao menos 3kg e nunca consegui, mesmo comendo tudo certinho como já tentei. Mesmo fazendo a tal dieta Dukan por 1 semana, não cheguei a ficar tão bem (fisicamente) quanto estou agora.

E com certeza agora estou com muito mais qualidade de vida. Eu comia muitas porcarias várias vezes por dia. Muito doce depois das refeições e tals. Depois que comecei a tratar a ansiedade, tenho muito menos vontade de comer essas coisas e elas não ficam rodando na minha cabeça o dia inteiro. Sinto fome do mesmo jeito, e já que sei sobre alimentação saudável de verdade, aplico os meus conhecimentos nutricionais a meu favor e como nas horas que estou com fome e coisas com uma qualidade muito melhor do antes.

Estou muito feliz, e não só com a aparência física, mas também com o quanto melhorei meus hábitos alimentares.

Claro, não sou uma modelo e tal, mas nem importo mais com a minha eterna pancinha genética. Tá bom o peso que estou agora e estou muito bem comigo mesma!

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Viajem para Porto Seguro

Hoje eu venho contar pra vocês sobre as minhas "férias" em Porto Seguro.

  
 

 


Sim, eu sempre vou pra lá, mas eu gosto pra caramba. É um lugar cheio de energias positivas, alegria, animação, e tem praias liiiiiiiindas! Daí você me pergunta: "Mas você não gosta de festa e shows e etc, como você gosta de lá?". Bom, eu não preciso ir nos shows da virada e nem nas festas da Ilha dos Aquários pra aproveitar o lugar. Lá o clima é tão animado, que quando você vê, você já tá gostando de ficar no meio do povo.

Tem vários passeios disponíveis, de escuna, de quadriciclo na aldeia dos índios pataxós, tem o memorial do descobrimento, a ilha dos aquários, ilha dos espelhos - onde a água é tão cristalina, que quando o sol bate, forma um espelho - Arraial D'ajuda, Trancoso - um dos lugares com as praias mais bonitas do Brasil - rua do Mucugê à noite, Eco Parque Aquático... Enfim, são váááárias opções de passeios, mas mesmo que você não fizer nada disso, continua sendo bom, porque não tem como a visão do mar ser ruim :)

De qualquer forma, lá tem uma cidadezinha vizinha bem pertinho, Santa Cruz Cabrália, que é uma paz e uma beleza incrível. Eu que não curto interior, gostei muito de lá. Tem uma pracinha muito fofa e umas barracas de praia bem estilo novela, uma rua de pedra e alguns comércios muito bons, inclusive um restaurante bem simples, porém DELICIOSO. O peixe de lá é perfeito, e olha que eu nem gosto de peixe!

Porto Seguro tem uma feirinha de noite que é excelente. Até gente que não gosta de feira, gosta dessa feira. Tem de tudo e é enoooorme, e tem um sorvete divino que sinto saudades até hoje.

Mas claro que nem tudo são flores. Existem os pontos negativos. A maioria das comidas que comemos lá eram ruins e caras (exceto esse restaurante que citei acima), há bastante criminalidade nos bairros do interior da cidade, mas isso não é tanto um problema, porque os turistas costumam ficar mais na orla, e nessa região não há tanto perigo. As praias mais visitadas são as um pouco mais distantes do centro da cidade (onde tem a feira), porque no centro é o porto e é poluído.

Apesar desses poréns, não deixo de gostar do lugar, que transmite uma paz muito grande. Afinal, esses problemas são mínimos perto dos que têm as grandes cidades.

Então eu aconselho muiiiito o passeio pelo menos uma vez, compensa demais!

Espero que tenham gostado.

Beeijos ;*

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Batons mágicos que duram 24h

Quem já ouviu as mães falarem que quando eram adolescentes, tinham um batom verde que quando passava, ficava em um tom rosa e durava 24h?

Pois é, esses batons (felizmente) voltaram! Faz um tempo, pelo que vi pesquisando na net, só que apenas recentemente que eles têm sido mais comentados.

E ele dura realmente 24h na boca? Bom, ele dura sim, mas vai perdendo a intensidade com o passar das horas, afinal, nós comemos, escovamos os dentes, tomamos banho, dormimos e etc. Ainda assim eu achei o máximo, porque eu AMO batons e nada melhor que um batom super natural.
Confesso que várias vezes já usei batom líquido matte roxo, rosa chiclete, vermelho pra ir pra faculdade, mas nada melhor que uma coisa mais natural pro dia a dia.

Ele também tem a mágica de não transferir. Pode beijar seu boy e dormir em paz sem medo de manchar o travesseiro.

Faz mal pra saúde? Bom, pelas minhas pesquisas em resenhas, sites, blogs e depoimentos de pessoas que usaram, ele parece não ter nada em especial. É produzido com cera, corante e um conservante (essa é a polêmica) do tipo parabeno, presente em vááários produtos cosméticos para cabelos, peles e em alimentos também. Claro que há muitas controvérsias quanto ao uso dos conservantes indiscriminadamente, mas há uma quantidade permitida pela Cosmetic Ingredient Review, e você confere neste link: http://bit.ly/CosmeticIngredientReview

Já ouvi dizer que tinha henna, mas isso não procede. A mudança de cor se deve à reação dos corantes incolores presentes no batom, que se transformam em rosa no momento do contato com a umidade da pele, e a cor verde se deve aos corantes verdes em concentrações mínimas, não sendo suficiente para dar cor verde à pele.

Dizem que ele foi formulado para ser passado antes do batom definitivo, para este durar mais na boca, mas também não sei se isso é verdade.

Achei eles na Caldé Bijuterias na Av. Araguaia, no centro de Goiânia. Fica próximo ao Banana Shopping e à Renault, é uma lojinha muito bonitinha cheeeeeia de coisas da China que a gente acha no AliExpress, desde aneis fofos até bolsinhas de viajem.

Não existe apenas o batom verde, tem também o laranja, lilás, azul, vermelho e preto.

Todos eles ficam com um tom de rosa na boca, e quanto mais você passa, mais forte ele fica.

O preço é maravilhoso, mesmo em Goiânia que as coisas são absurdas: R$3,00.

Bom, antes de lembrar da existência desses batons coloridos, existe um outro batom desse tipo que comprava anteriormente, não há muito tempo, que vende em drogarias. Venho fazer resenha dele outro dia, para comparar com esse.

Aqui embaixo as fotos das cores e os swatches no braço :)


Faltou o preto, que não comprei 


Aqui estão os Swatches

A ordem das cores é, da esquerda pra direita:
Verde
Laranja
Azul
Lilás
Vermelho

Percebam que a diferença entre eles é pequena, porém ela existe.

Espero que tenham gostado, porque eu AMEI esses batons ;D

Beiiiijos ;*



domingo, 17 de janeiro de 2016

Andar de bicicleta

Siiim, uma das coisas que eu adoro fazer é andar de bicicleta!

Eu costumo andar quando vou pra casa do meu namorado, porque ele mora em condomínio fechado horizontal, daí não tem perigo de assalto, roubo, carros, etc.

Compramos uma bike nova assim que ele se mudou e é uma das coisas que eu gosto de fazer em qualquer momento que me chamarem, especialmente à noite. Ele é um morto de preguiça, e não gosto muito de ir sozinha, mas sempre que tenho a oportunidade, eu convenço ele ou vou com os amigos, haha. Tem coisa melhor que sentir o ventinho gostoso, de poder passear sem preocupação de algum perigo na rua? A sensação de liberdade é boa demais!
Mas eu gosto mais por diversão, só pra passar o tempo mesmo, pra ver a natureza e tal, tanto que nem uso equipamentos de segurança, porque o negócio é bem de boa mesmo.

Mas gente, se alguém anda de bike por esporte, USEM EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA, por favor :)

Onde meu namorado mora, existe muito verde, mata, trilha, lago, etc... São coisas que eu adoro também, mas falarei em outro post.






quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Novidades

Então amigos, vou contar um pouco das novidades e o que pretendo com este blog "novo".

Bom, nada mais incentivador do que saber que tem pessoas que gostam do que você faz e que leem as coisas que você posta.

Sempre gostei desse mundo virtual, então decidi investir mais nele. Não tenho pretensões de ganhar dinheiro com isso e nem de ser uma super blogueira conhecida, quero mais "investir" no blog porque gosto bastante mesmo.

Pretendo colocar aqui notícias sobre Nutrição, coisas sobre meus hobbies, coisas sobre a minha vida, eventos e congressos que vou na minha carreira profissional, etc. Daí alguns me perguntam: "Nossa, por que você gosta de expor sua vida assim?", e eu respondo que não estou expondo nem 10% da minha vida aqui. O que posto é o que todos sabem. Há muito mais por trás de qualquer pessoa.

Aos poucos eu vou colocando as sessões de cada coisa que pretendo postar e assim vou dando vida ao blog.


Então, nada melhor que começar com uma novidade para 2016, não é?!

Todo mundo sabe que eu faço Nutrição há 4 anos na UFG. Este será meu 5º e último ano (assim espero). Sempre tentei de tudo na faculdade, visando um currículo bom para futuras cobiçadas pós graduações.
Já participei do PET-NUT/UFG em 2013, fiquei quase 1 ano e procurei uma Iniciação Científica, que é mais voltado pra área de pesquisa que eu sempre gostei. Consegui, e dentro do projeto em que eu estava inserida, aprendi muitas coisas, mesmo às vezes querendo morrer pra dormir só mais um pouquinho de manhã, não me arrependo de nada, porque aprendi demais e evolui demais.
Nesse meio tempo, tentei provas de monitoria, nas quais passei, entretanto não pude prosseguir pois a Faculdade de Nutrição não autoriza que um aluno de IC seja monitor simultaneamente. Mas valeu o aprendizado de ter conseguido passar nas provas, claro!
Desde então eu tento um estágio extracurricular, pra aumentar minha experiência fora das teorias da faculdade. Nunca consegui nada porque o curso de Nutrição da UFG é integral, e os horários são completamente desordenados durante o dia.

Até que, finalmente abriu inscrição pra um estágio que era - modestamente - a minha cara! Marketing nutricional, computador e tecnologia a serviço da Nutrição! Não poderia ser melhor. Me inscrevi, mas sem aquela expectativa de "já passei". Só que eu passei mesmo, e nem acreditei quando ninguém menos que a Jú Toledo me ligou pra me comunicar e parabenizar.

Morri, gente! Foi um dos dias mais felizes e uma das melhores conquistas na minha carreira acadêmica. Estou na Cookie desde dezembro de 2015 e amaaaaando! Meu último ano na faculdade vai ser excepcional por conta disso e de várias outras coisas que tenho em mente, que contarei durante os dias.

Obrigada à todos que me apoiam e que me parabenizaram pelo estágio na Cookie.

Primeiro dia do estágio na Cookie com a equipe mais legal que existe

Confraternização de fim de ano


quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

2016

E aí galera!

Depois de apagar tudo do blog, lá vou eu recomeçar "de novo".

Já que eu estou super marketeira agora (sim, conto em breve pra vocês!), por que não dar vida novamente à este mundo virtual que eu tanto amo?!!!

Fiquem de olho, porque todos os dias tem postagens novas sobre vááários assuntos!